NOTÍCIAS

Junho / 2012
06/06/2012
A partir de setembro, mais programação nacional nas TVs pagas
tv por assinatura, tv paga, programação nacional




















São Paulo/SP -
Uma ótima notícia para quem sente falta de produções brasileiras nos canais de tv a cabo. Na manhã de segunda-feira, dia 4, o diretor presidente da Agência Nacional do Cinema (Ancine), Manoel Rangel apresentou a regulamentação da Lei da TV Paga a produtores, programadores e emissoras participantes do Fórum Brasil de Televisão. A partir do dia 1º de setembro deste ano, todos os canais de TV paga serão obrigados a exibir, semanalmente, uma hora e trinta minutos de programação nacional durante o horário nobre. Em canais adultos, o horário nobre é das 18h à meia-noite, e nos canais infantis, das 11h às 14h e das 17h às 19h.

A aplicação será gradativa durante os três primeiros anos e, a partir de 13 de setembro de 2015, quando a lei estará plenamente em vigor, todos os canais deverão exibir a cota mínima de três horas e trinta minutos durante o horário nobre. Rangel calcula que, quando a lei estiver sendo plenamente executada, mais de mil horas de conteúdos brasileiros inéditos farão parte da programação da TV por assinatura no Brasil. Segundo ele, 13 milhões de brasileiros são assinantes de TVs pagas, número que deve dobrar nos próximos quatro anos.

Mais canais nacionais e oportunidades

Outro projeto é a implantação de mais canais nacionais nos pacotes de TV por assinatura. Em 2015, as empresas deverão oferecer um canal brasileiro para cada três estrangeiros classificados como espaço qualificado, ou seja, que exibem principalmente séries, documentários, filmes e animação. Nessa grade não se encaixam canais de jornalismo e esporte, que também não serão obrigados a exibir a cota mínima semanal de programação nacional.

O diretor presidente da Ancine ainda comentou que, com isso, a produção audiovisual sofrerá um grande impacto positivo, porque, pela primeira vez, se forja uma demanda real pela produção nacional, inclusive a independente. Para acompanhar o aumento dessa demanda, novas linhas de financiamento devem ser disponibilizadas pela Ancine no segundo semestre, contemplando, inclusive, projetos de capacitação para as produtoras, sobretudo, para as independentes. Nesse sentido, outra medida anunciada foi a publicação da Instrução Normativa 99, que simplifica o processo de submissão de projeto à avaliação da agência.


* Com informações da Agência Brasil

Veja Tambem:

25/07/2012
Lixeira inteligente evita que objetos arremessados caiam no chão

Engenheiros japoneses utilizaram a tecnologia dos sensores de movimento do Kinect para desenvolver a “Smart Trashbox”

20/07/2012
Tecnologia e sustentabilidade: britânico cria estufa controlada por iPad

O Biome Terrarium foi inspiradono Tamagotchi e um de seus objetivos é mostrar o quão complexo é cuidar de uma vida.

06/07/2012
Melhores resultados em painéis solares de dupla face

Novidade traz números significativos e tem eficiência na casa dos 50% na conversão de energia solar recebida

04/07/2012
Pesquisa revela a baixa preocupação do brasileiro com segurança na web

País tem a menor média desde 2008 e cai 38 pontos em relação ao ano passado

26/06/2012
Joga aí: Sony lança sua nova linha de produtos

Conceito propõe uma interatividade total entre produtos da marca, dispensando o uso de fios